publicidade

Advogada da vítima de Daniel Alves se revolta com liberdade provisória: “É um escândalo”

A advogada da vítima do estupro cometido por Daniel Alves classificou como “um escândalo” a decisão da Justiça da Espanha de conceder, nesta quarta-feira (20), liberdade provisória ao jogador brasileiro.

Para que tenha a liberdade provisória concedida, o ex-lateral-direito da Seleção Brasileira precisa efetuar o pagamento de uma fiança no valor de 1 milhão de euros (equivalente a cerca de R$ 5,4 milhões).

“Estou surpresa e indignada. Parece que a Justiça favorece os mais privilegiados”, declarou Estar García em entrevista à rádio catalã RAC1, acrescentando que irão recorrer da decisão.

“Eles disseram que ele tem uma pequena capacidade financeira no momento, mas eu não tenho dúvidas de que ele conseguirá o milhão de euros”, completou a advogada.

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Mais notícias

publicidade