publicidade

Consulta Pública para obras em estradas vicinais é realizada em 52 municípios baianos

As estradas vicinais são importantes vias que atendem a população rural de uma região facilitando o acesso até áreas urbanas para serviços, como saúde e educação, e no escoamento da produção local. Para promover ações de melhoria nestes trechos baianos, o Governo do Estado, através da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), está realizando consulta pública em 52 municípios pertencentes aos consórcios das regiões do Sertão do São Francisco, do Baixo Sul e da Chapada Diamantina. Os encontros têm o apoio das prefeituras e contam com a presença de moradores, que contribuem para definir as vias que passarão por serviços.

Entre as obras a serem feitas estão a construção de pontes de concreto, bueiros, passagens molhadas e melhoria de greide. As ações fazem parte do Programa de Manutenção Proativa e de Resiliência das Rodovias do Estado da Bahia (Pro-Rodovias), que é um programa de investimento do Governo do Estado em parceria com o Banco Mundial e que será lançado no início de 2024. O investimento estimado nesta etapa é de 20 milhões de dólares, sendo 5 milhões de dólares priorizados para estradas vicinais em municípios com atividades econômicas que estimulam o empreendedorismo feminino.

“Nós fizemos consultas públicas piloto nos municípios de Ruy Barbosa, Lajedinho, Nova Redenção e Andaraí. Essas consultas nos permitiram, em conjunto com a equipe do Banco Mundial, aprimorar o processo consultivo. Estamos organizando a programação nas outras 48 cidades. Após esta fase, a equipe técnica analisará os trechos priorizados pela população durante os encontros. Em seguida, iniciaremos os estudos a fim de licitarmos a obra”, destaca Sérgio Brito, secretário de Infraestrutura.

Segue relação de 52 municípios incluídos no programa:

Consórcio do Sertão do São Francisco: Campo Alegre de Lourdes; Canudos; Casa Nova; Curaçá; Juazeiro; Pilão Arcado; Remanso; Sento Sé; Sobradinho e Uauá.

Consórcio do Baixo Sul: Aratuípe; Cairú; Camamu; Gandu; Ibirapitanga; Igrapiúna; Ituberá; Nilo Peçanha; Piraí do Norte; Presidente Tancredo Neves; Taperoá; Teolândia; Valença e Wenceslau Guimarães.

Consórcio da Chapada Diamantina: Abaíra; Andaraí; Barra da Estiva; Boa Vista do Tupim; Boninal; Bonito; Iaçu; Ibicoara; Ibiquera; Ibitiara; Iramaia; Iraquara; Itaberaba; Itaetê; Lajedinho; Lençóis; Macajuba; Marcionílio Souza; Mucugê; Nova Redenção; Palmeiras; Piatã; Piritiba; Ruy Barbosa; Seabra; Souto Soares; Utinga e Wagner.

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Mais notícias

publicidade