publicidade

Deitada em maca, sobrevivente acompanha velório de filha em acidente com 24 mortos na Bahia

Flávia Carneiro, de 34 anos, uma das sete sobreviventes do acidente entre um caminhão e um ônibus de turismo, que terminou com 24 mortes, na Bahia, acompanhou o velório da filha, Isabela Santos de Almeida, de 14 anos, deitada em uma maca, com a cabeça enfaixada.

O velório aconteceu na manhã desta terça (9), no bar da mãe de Flávia Carneiro e avó de Isabela, Maria Eunice Gonzaga, em Jacobina. A dona do estabelecimento também morreu após a batida.

“Antes de eu conseguir sair do ônibus, comecei a chamar por eles todos, para ver se alguém me escutava e eu tentava ajudar, mas não escutei ninguém. Chamei por todos”, contou Flávia Carneiro.

Flávia Carneiro estava na viagem com:

  • a filha Isabela Santos de Almeida, de 14 anos;
  • a mãe, Maria Eunice Gonzaga
  • o namorado, Gleidson Santana de Andrade,
  • o marido da mãe dela, Paulo Jesus Araújo,
  • a prima Ana Clara Santos Silva, de 16 anos.

Apenas Flávia Carneiro e a prima Ana Clara sobreviveram à tragédia. As duas foram socorridas e levadas para um hospital na cidade de Nova Fátima, mas já tiveram alta hospitalar.

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Mais notícias

publicidade