publicidade

Dengue: quase todos os estados brasileiros têm tendência de queda

Boletim divulgado nesta terça-feira (14) pelo Ministério da Saúde indica uma boa notícia no combate à dengue no Brasil. Não há mais nenhum estado brasileiro com tendência de aumento de casos da doença. Enquanto Maranhão e Mato Grosso registram tendência de estabilidade de casos, todas as demais unidades da Federação apresentam tendência de queda.

Segundo a secretária de Vigilância em Saúde e Ambiente do Ministério da Saúde, Ethel Maciel, é esperado que, nas próximas semanas, Maranhão e Mato Grosso também entrem em tendência de queda. Essa tem sido a dinâmica observada na epidemia de dengue de 2024 no Brasil.

Atualmente, o país mantém 10 decretos de emergência por dengue em vigor nos estados do Amapá, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. A expectativa é que esses estados revoguem os decretos quando o número de casos por 100 mil habitantes for inferior a 300.

O boletim também aponta que há 632 decretos municipais de emergência por dengue em vigor, e mais de 500 deles estão sendo revisados pelo Ministério da Saúde. Ethel Maciel ressaltou que, mesmo com a queda da maioria dos casos, os recursos continuarão a ser repassados, pois a epidemia pode durar de três a quatro meses em cada local.

Em relação aos números, o Brasil registra, em 2024, um total de 4.797.362 casos prováveis de dengue, com uma média de 2.362,5 casos para cada grupo de 100 mil habitantes. Isso inclui 53.660 casos de dengue grave ou dengue com sinal de alarme. Além disso, há 2.576 óbitos confirmados pela doença e 2.628 em investigação.

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Mais notícias

publicidade