publicidade

Imersão cultural no São João da Bahia atrai turistas e capacita operadores de turismo

O conceito de capacitação foi ampliado para cerca de 200 operadores de turismo e agentes de viagens que, mais do que ouvir falar sobre o São João da Bahia, tiveram horas de imersão na cultura baiana, nesta quinta-feira (9), no Centro de Tradições Nordestinas, em São Paulo. Na abertura dos portões, os convidados faziam fila para fotografar com Lampião, Maria Bonita e outros personagens de um grupo de quadrilha junina. O evento promovido pela Secretaria de Turismo do Estado da Bahia (Setur-BA), coordenado pelo secretário Maurício Bacelar, levou o forró, a comida típica, a dança e toda a alegria que se espalha pelos 417 municípios baianos para o maior estado emissor de turistas do país.

A agente de viagem Floris Chieregatti é microempreendedora. Ela afirma que o destino São João da Bahia não tem concorrência à altura no mês de junho. “Principalmente aqui de São Paulo, onde não é alta temporada, o mercado não está aquecido, então o São João da Bahia é uma oportunidade, vem preencher esse espaço. Hoje a festa reúne grandes shows, de bandas de destaque, e o pessoal procura. Além disso, a malha aérea da Bahia é um diferencial, a gente tem bastante opção de voo, para a capital, Porto Seguro, Ilhéus, isso também facilita bastante, além da questão de valores”.

Já Berenice Miranda, que também é agente de viagens foi ao lançamento, não apenas para trabalhar. Ela se divertiu nas barracas de tiro ao alvo e pescaria, ganhou prêmios e falou sobre a Bahia. “A cultura baiana contribui muito, muito mesmo para a gente que vende viagens. Quando chega esta época do ano, principalmente, é muita gente procurando São João e procurando a Bahia. Então a contribuição é grande para nós, que vendemos turismo e vivemos disso, contribui demais com a economia baiana e com a rede hoteleira, então beneficia o estado inteiro”.

Expectativa

O secretário de Turismo, Maurício Bacelar destacou que, para atingir o objetivo de atrair visitantes, o Governo do Estado, por meio da Setur-BA, atua nos principais polos emissores de turistas. “Nós hoje estamos aqui no centro de São Paulo, o maior emissor de turistas do País, para capacitar agentes de viagens e operadores de turismo às condições da festa”. Segundo ele, a capacitação apresenta os diversos destinos da Bahia, a diversidade da gastronomia, da música, do forró. “A nossa expectativa é que este ano a gente bata um novo recorde, que a gente tenha na Bahia mais de um 1,5 milhão de visitantes, que deixarão algo em torno de R$ 2 bilhões para a economia baiana, gerando emprego e renda em todo o estado”.

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Mais notícias

publicidade