publicidade

Luisa Mel se manifesta após repercussão de maus tratos em Morro de São Paulo

Nas primeiras semanas de janeiro, um vídeo viralizou nas redes sociais, no qual um equino passou mal após ser vítima de maus tratos em Morro de São Paulo. No vídeo, foi possível identificar que o animal estava preso em uma charrete com alguns turistas em cima, enquanto o bicho puxava.

Posteriormente, diante de toda a repercussão nas redes, a página GritaMorro no Instagram, que defende os interesses dos moradores, se manifestou e solicitou resoluções por parte da Prefeitura e órgãos competentes.

A Prefeitura Municipal emitiu uma nota informando que suspenderia imediatamente a tração de animais em Morro de São Paulo e realizaria fiscalizações no local, além de realizar avaliações veterinárias. Para tentar solucionar o problema, o prefeito Hildecio se reuniria com a associação dos charreteiros para buscar um consenso.

A repercussão foi tão intensa que a ativista Luísa Mel se manifestou na publicação feita pela prefeitura, dizendo: “Tem que ser proibido imediatamente e para sempre! Um paraíso destes não pode se tornar um inferno para os animais. Estou à disposição para ajudar no que para preciso”, escreveu ela.

Cabe destacar que esses cavalos são usados para passeios e levam quatro pessoas na areia molhada, aumentando consideravelmente o peso.

Vídeo que viralizou nas redes socias.

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Mais notícias

publicidade