publicidade

Mais uma mulher denuncia ser vítima de estupro em circuito no Carnaval de Salvador

Mais uma vítima. No último domingo (11), uma mulher denunciou ter sido estuprada na Rua Baependi, em Ondina, em meio ao circuito do Carnaval de Salvador, na Bahia. Esse é o segundo caso de estupro na região, durante as festividades, que está sendo investigado pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), da Casa da Mulher Brasileira.

Segundo informações da Polícia Civil, obtidas pelo Terra, agentes estão em busca de imagens de câmeras de vigilância e outros elementos que colaborem com as investigações. Além disso, a vítima foi ouvida e está sendo acompanhada pela rede de apoio psicossocial da Deam.

“Mais detalhes sobre a ocorrência não serão divulgados, em respeito à legislação aplicada a casos de crimes contra a dignidade sexual”, complementou o órgão policial, por meio de nota.

Primeiro caso
Na sexta (9), outra mulher também denunciou ter sido estuprada no Circuito Dodô (Barra-Ondina), durante o carnaval de Salvador.

Informações obtidas por veículos de comunicação indicam que a mulher foi estuprada por quatro homens. Relatos compartilhados por internautas nas redes sociais também apontam ter se tratado de um caso de estupro coletivo. No entanto, a Polícia Civil e fontes oficiais não confirmam o número de pessoas envolvidas.

A reportagem buscou atualizações sobre o caso, mas a Polícia Civil apenas informou que a denúncia segue sendo investigada. Além disso, foi confirmado que, até o momento, foram registrados dois casos de estupro.

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Mais notícias

publicidade