https://www.instagram.com/sufotur?igsh=MXA2dzZvOTIydXp0dA==
https://www.instagram.com/sufotur?igsh=MXA2dzZvOTIydXp0dA==

publicidade

https://www.instagram.com/sufotur?igsh=MXA2dzZvOTIydXp0dA==

Menina raptada pelo padrasto em Piraí do Norte é encontrada morta

A garota de 10 anos de idade, que havia sido raptada pelo próprio padrasto na última sexta-feira, (01), em Piraí do Norte, foi encontrada morta. Aline estava desaparecida há cinco dias, quando o marido da sua mãe, para esconder os abusos sexuais que vinha praticando, a raptou.

O corpo da menina foi encontrado na região da “Cachoeira Alta”, área rural de Piraí do Norte. Antes do corpo dela ter sido encontrado e reconhecido por familiares, o padrasto, principal suspeito do crime, também já havia sido encontrado morto no distrito de Itamarati, em Ibirapitanga.

Francisco havia sequestrado à garota na sexta-feira. Ele chegou a deixar outros dois enteados na casa de uma conhecida e logo em seguida faria o mesmo com a vítima. Ela seria deixada em uma segunda casa, mas o suspeito desviou o caminho e desde então seu paradeiro era desconhecido. Pessoas próximas a família da vítima relataram que Francisco vinha premeditando a fuga desde que a garota comentou com a própria mãe que vinha sendo abusada. Ele tinha cerca de R$ 9 mil reais guardados e vinha fazendo saques em dinheiro semanalmente.

Para a mãe da garota, ele rechaçou as acusações e até se prontificou à pagar o exame de violação/estupro. O corpo de Francisco foi encontrado no distrito de Itamarati, em Ibirapitanga, na tarde da última terça-feira, (05), mas ainda não se sabe, oficialmente, o que teria causado sua morte. “Ele tinha o valor de 9 mil guardado na caixa e vinha fazendo saque durante a semana dos valores fracionado”, revelou uma fonte ao Diário, que disse ainda que o suspeito seria aposentado por problemas mentais.

Fonte: Diário Paralelo

publicidade

https://www.instagram.com/sufotur?igsh=MXA2dzZvOTIydXp0dA==

publicidade

publicidade

publicidade

Mais notícias

publicidade