publicidade

Morro de São Paulo e Barra Grande podem entrar na rota do turismo de cruzeiros

A temporada de cruzeiros marítimos 2023/2024 na Bahia foi um grande sucesso, comemorada como a mais movimentada da história até então. Cerca de 440 mil passageiros desfrutaram dos portos de Salvador e Ilhéus, além das operações de desembarque em Porto Seguro, injetando mais de R$ 260 milhões na economia local. A capital baiana também se destacou como ponto de embarque, aumentando o tempo de permanência dos turistas na cidade e gerando mais receita.

Esses resultados foram anunciados pela Secretaria de Turismo do Estado (Setur-BA) durante a Seatrade Cruise Global, realizada no Miami Beach Convention Center, nos Estados Unidos. Este evento é reconhecido como a principal feira da indústria de cruzeiros do mundo. Após quatro dias de atividades, a feira encerrou na quinta-feira (11).

A Setur-BA participou ativamente do evento no estande do Brasil, em parceria com a Embratur, realizando reuniões com empresas internacionais do setor, como a Royal Caribbean e a Costa Cruzeiros. Durante esses encontros, foram discutidos potenciais investimentos na Bahia, destacando sua infraestrutura e atrativos para os cruzeiristas.

Pedro Gramacho, diretor de Promoção da Setur-BA, comentou sobre a importância da participação da Bahia na feira, mencionando a projeção para a próxima temporada de cruzeiros e o empenho em repetir o sucesso das últimas temporadas.

Marco Ferraz, presidente da Associação Brasileira de Cruzeiros (Clia), elogiou a presença da Setur-BA na feira, destacando a competitividade do destino e a possibilidade de expandir os destinos de visita na Bahia, como Morro de São Paulo e Barra Grande, utilizando navios menores. A parada em Morro de São Paulo nesta temporada foi mencionada como uma tendência, sujeita à logística disponível.

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Mais notícias

publicidade