publicidade

Paraíso Perdido: influencer fala pela 1ª vez após sair da prisão

A influencer Laylla Cedraz se pronunciou pela primeira vez após sair da prisão na última terça-feira (12). Segundo a polícia, ela foi presa após tentar fugir com Adrian Grace, em um carro onde havia cocaína, próximo à Pousada Paraíso Perdido.

Laylla tem 23 anos e namorava Felipe Augusto, um dos mortos em uma troca de tiros com a polícia na última segunda (11), em Jaguaripe. No entanto, em postagens nos stories do Instagram, ela negou que o namorado tivesse envolvimento com o crime e que tenha trocado tiros com a polícia.

“Não existiu troca de tiro e sim covardia, nem prender eles queriam. Nem algema eles tinham. Felipe não tinha arma nenhuma, nem droga, isso tudo eu vou explicar pra vocês amanhã. Felipe tinha ficha limpa! Se fosse abordado ia sair porque não deve nada”, escreveu em uma das postagens.

Em uma sequência de fotos e vídeos, Laylla mostra a rotina com Felipe trabalhando na loja de roupas que ela mantinha no centro de Feira de Santana. Em alguns vídeos, ele aparece fazendo entregas e cuidando sozinho da loja. “Felipe até os pacotes ele fazia dos envios! Sempre procurava fazer as coisas na loja o dia todo. Fazia as entregas de moto até na chuva. Felipe não tinha envolvimento nenhum com nada gente! Nada. Felipe tava na vida em paz! Não sei como nem pq Deus permitiu esas tragedia com ele”, desabafou.

Laylla lamentou a morte do namorado e disse que perdeu “o amor da vida”. “Amanhã assim que eu tiver “bem” para falar aqui vou falar sobre tudo. Sobre verdades e mentiras e tudo que aconteceu. Hoje eu só consigo lamentar a perda do amor da minha vida. Que era um menino bom. Não era nada disso que vocês tão pensando! É quem julgou, vai pagar aqui na terra”, disse.

Em um dos posts, Laylla diz que Fleipe tinha “deixado o passado para trás”. “Desde o dia 5 de dezembro que Felipe largou tudo pra tá comigo na nossa loja, passamos por muitas dificuldades mas ngm viu. Ficamos de pé, tomando chuva de moto meses, quem trabalhava na época sabia da situação, até funcionários nós botamos pra fora. Passamos momentos difíceis, mas a gente venceu. Felipe largou todo o passado dele, passado não é lugar de referência! O que importa é o que ele se tonrou desde o dia 5 de dezembro de 2020”, disse.

Fonte: Jornal O Povo

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Mais notícias

publicidade