publicidade

Personal trainer morre salvando a filha,a esposa e o cachorro

A morte do personal trainer e fisiculturista Hugo Sérgio causou comoção nas redes sociais. O homem morreu após salvar a mulher, sua filha e cachorro do incêndio que tomou conta do apartamento da família no Condomínio Caminho da Barra, no Anil, na noite desse sábado. O Quartel da Barra da Tijuca foi acionado às 4h51 para controlar o fogo no décimo andar do prédio que fica na Avenida Tenente Coronel Muniz de Aragão. 

A mulher, Larissa Silveira, e a filha foram levadas para o Hospital municipal Lourenço Jorge. Segundo a Secretaria municipal de Saúde (SMS), a mulher recusou atendimento e a criança teve 70% do corpo queimado e está em estado grave no hospital.

Segundo a SMS, a menina foi transferida para o Hospital Municipal Souza Aguiar e segue em estado grave.

Enterro de Hugo Sérgio , que morreu no incêndio depois de salvar a mulher e a filha. No Cemitério de Inhaúma, a esposa Larissa debruçou-se sobre o caixão. Foto de Gabriel de Paiva/ Agência O Globo

O corpo do personal trainer foi sepultado neste domingo, às 13h, no Cemitério de Inhaúma. O clima era de grande comoção. Além dos familiares e amigos, muitos alunos do professor compareceram ao enterro. Todos aplaudiram antes do sepultamento e o chamaram de herói. Larissa estava muito emocionada e ficou bastante tempo debruçada sobre o caixão.

— Ele foi meu professor. Fiquei sabendo pela internet e vim fazer essa última homenagem. Ele era muito alegre, muito divertido, conhecia muita gente e era muito querido — afirma a administradora Gleici Raposo.

Nas redes sociais, o personal foi chamado de herói por ter salvado toda a sua família. Uma vaquinha foi promovida por amigos do personal para ajudar Larissa e a filha. A arrecadação on-line pelo site Campanha do Bem já chega a mais de R$ 12 mil.

— A mãe dele deu a notícia no nosso grupo de trabalho. Ele tinha 30 anos, era muito novo. Foi um choque quando fiquei sabendo. Ele salvou a família e quando foi sair do apartamento, a porta do quarto não abriu — diz Aline Nascimento, amiga da mãe do personal.

Fonte: O Globo

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Mais notícias

publicidade