publicidade

Salvador vai regulamentar o uso de drones para entregas até Itaparica

No Centro de Convenções da Boca do Rio, o auditório estava repleto de espectadores. Uma multidão acompanhava pelo telão o momento em que um drone decolava em Itapuã, transportando uma encomenda. O drone sobrevoou a costa e, aproximadamente cinco minutos depois, pousou no pátio. Dentro da caixa, havia dois acarajés encomendados em Cira pouco antes. Essa atividade ocorreu durante a Connected Smart Cities, realizada nesta quinta-feira (18), como uma demonstração do uso da tecnologia para promover a conexão e inteligência das cidades.

Esta foi a primeira edição da Connected realizada no Nordeste, e Salvador foi escolhida como cidade-sede do evento. Autoridades públicas e representantes da iniciativa privada dos nove estados nordestinos se reuniram para debater tecnologia, sustentabilidade e inovação como elementos fundamentais para o desenvolvimento urbano. A cerimônia de abertura contou com a participação da Banda Didá e uma palestra do prefeito de Salvador, Bruno Reis (União Brasil), que explicou detalhadamente a operação do drone.

“Temos uma das melhores cidades do mundo para logística das rotas de drones, veículos que podem ser usados, por exemplo, para a coleta de exames médicos e delivery. Isso barateia o custo, reduz o tempo dos deslocamentos e a mercadoria chega com a qualidade melhor. O acarajé chegou quentinho. Isso traz soluções para o setor privado e para os governos”, afirmou.

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Mais notícias

publicidade