https://www.instagram.com/sufotur?igsh=MXA2dzZvOTIydXp0dA==
https://www.instagram.com/sufotur?igsh=MXA2dzZvOTIydXp0dA==

publicidade

https://www.instagram.com/sufotur?igsh=MXA2dzZvOTIydXp0dA==

Valença: A cidade está sem comando

Com diversas denuncias populares em relação à infraestrutura, educação, estradas da zona rural, saúde e outras áreas, a sensação que a cidade tem é que estamos em um barco a deriva, sem comando e prestes a afundar. Sem aptidão política e administrativa, Jairo Baptista entra para a história como o pior gestor que essa cidade já teve. Já estamos no 15º mês de mandato e não sentimos ainda a sensação de “Capital do baixo sul” que trás no slogan da gestão, na verdade, a sensação é de baixo autoestima das pessoas e dos empresários que cada vez mais procuram expandir seus negócios para cidades mais organizadas administrativamente.

Em conversa com um empresário de Jaquaripe, ele nos contou que Valença perdeu um investimento privado de 2 milhões de reais por conta de uma lei que estava desatualizada e que ao procurar o Poder Executivo, o mesmo não mostrou interesse em atualizar a legislação para gerar mais emprego e renda. Esse empreendimento foi instalado em Jaquaripe e hoje exporta produtos para outros estados e alguns países vizinhos.

https://www.instagram.com/sufotur?igsh=MXA2dzZvOTIydXp0dA==

A rua Alagoas, que liga o bairro da Bolívia à Águazinha é o reflexo da gestão: quando não sabem onde está o problema, deixa abandonado, com buraco ao céu aberto e causando diversas consequências para a população.

Agora nos cabe orar a São Pedro para pedir que calce às ruas e pedir a Nossa Senhora do Amparo que cuide da nossa cidade, pois se em 15 meses foi assim, imagina o restante do mandato.

publicidade

https://www.instagram.com/sufotur?igsh=MXA2dzZvOTIydXp0dA==

publicidade

publicidade

publicidade

Mais notícias

publicidade