publicidade

‘O que ele fez com minha filha não se faz nem com bicho’, lamenta mãe de adolescente morta a tiros pelo ex-namorado

Os pais da adolescente Leidiane Vitória Cristo de Souza, de 15 anos, morta a tiros após ter acessado o celular do ex-namorado para ver mensagens, na última quinta-feira (9), em Salvador, comemoraram a prisão do suspeito, Fabrício Silva dos Santos, de 19 anos.

Prisão

Fabrício Silva dos Santos foi preso na quarta-feira (15). Segundo a polícia, em depoimento, ele confessou o crime e disse que atirou por ciúmes.

Conforme parentes, Leidiane Vitória estava no banheiro da casa do namorado e segurava a filha do casal, que tem oito meses, quando foi baleada. Ao ser atingida, a adolescente caiu e cortou a cabeça ao bater no vaso sanitário. A bebê também caiu no chão e teve escoriações pelo corpo, mas passa bem e está com a família materna.

O crime aconteceu na rua Doutor Aristides de Oliveira, onde moram as famílias da vítima e do suspeito. Edenilton relatou que sua filha terminou o relacionamento várias vezes, mas reatou após receber ameaças.

Em nota, a Polícia Civil informou que o suspeito, também investigado por envolvimento com o tráfico de drogas na região, foi submetido aos exames de praxe e está à disposição da Justiça.

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Mais notícias

publicidade