https://www.instagram.com/sufotur?igsh=MXA2dzZvOTIydXp0dA==
https://www.instagram.com/sufotur?igsh=MXA2dzZvOTIydXp0dA==

publicidade

https://www.instagram.com/sufotur?igsh=MXA2dzZvOTIydXp0dA==

Marinha estabelece limite de velocidade no rio de Boipeba

Cerca de 20 dias após o incidente envolvendo o choque de lanchas que resultou em duas vítimas fatais em Boipeba, situada no município de Cairu, no Baixo Sul da Bahia, a Marinha do Brasil estabeleceu um limite de velocidade na região do acidente, conhecida como “Rio do Inferno”.

A colisão ocorreu em 29 de dezembro, e a regulamentação foi oficializada na última sexta (12) pela Capitania dos Portos da Bahia.

Anteriormente, não existia uma norma específica de velocidade no Rio do Inferno, deixando a critério dos condutores de lanchas determinar a velocidade apropriada. Com a nova regulamentação, os pilotos passarão a respeitar um limite de 10 nós, equivalente a aproximadamente 18 km/h.

O delegado encarregado das investigações, José Raimundo Nery, descreveu o “Rio do Inferno” como um canal estreito onde, em períodos de baixa do rio, é necessário navegar com velocidade reduzida. “Conforme apurado pela Polícia Civil e pela Marinha, constatou-se que ele estava se deslocando com velocidade excessiva”, declarou na ocasião do ocorrido.

publicidade

https://www.instagram.com/sufotur?igsh=MXA2dzZvOTIydXp0dA==

publicidade

publicidade

publicidade

Mais notícias

publicidade