publicidade

Vereador Wesley Magno alerta autoridades para mortes frequentes de tartarugas em Boipeba

Recentemente, o vereador Wesley Magno compartilhou uma publicação para chamar a atenção das autoridades responsáveis sobre as frequentes mortes de tartarugas em Boipeba, em Cairu.

Ainda, segundo moradores locais, todo dia uma ou mais tartarugas aparecem mortas na praia de Boipeba. Aflitos por respostas, eles anseiam que o INEMA e o IBAMA tomem providencias para preservar a vida marinha.

Abaixo está algumas possíveis causas! Lembrando que, são somente suposições, só investigações mais aprofundadas poderão nos dar o real motivo desta tragédia.

  1. Pesca Acidental: A captura acidental em redes de pesca é uma ameaça comum para as tartarugas marinhas. Se as praias de Boipeba são utilizadas para a pesca, é possível que as tartarugas estejam ficando presas em equipamentos de pesca.
  2. Poluição: A poluição dos oceanos, incluindo plásticos, pode ser fatal para as tartarugas, seja por ingestão acidental ou por ficarem presas em detritos.
  3. Mudanças Climáticas: As alterações climáticas afetam os padrões oceânicos e as temperaturas da água, o que pode ter impactos nas áreas de reprodução e alimentação das tartarugas.
  4. Anomalias Naturais: Eventos naturais, como mudanças nas correntes oceânicas ou a presença de predadores em grande quantidade, podem estar contribuindo para as mortes.
  5. Doenças: Doenças específicas que afetam as tartarugas marinhas também podem ser uma causa. As infecções virais, bacterianas ou parasitárias podem se espalhar e ter efeitos devastadores na população.

Para abordar essa situação, é crucial que as autoridades locais e organizações ambientais realizem uma investigação detalhada para determinar a causa específica e, a partir disso, implementem medidas de conservação eficazes. Isso pode incluir a implementação de práticas de pesca mais seguras, campanhas de conscientização sobre a poluição, monitoramento climático e programas de preservação de habitats críticos para as tartarugas marinhas. A colaboração da comunidade local também é fundamental para garantir o sucesso dessas iniciativas.

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Mais notícias

publicidade