publicidade

Vereadores de Valença investigam suporta compra de 3 milhões de reais em livros.

A sede da empresa está fechada há 2 anos e mesmo assim ganhou uma licitação milionária em Valença.

Nesta quarta-feira (10), os vereadores Ryan Costa, Cristiano Barbosa e Bertolino Júnior foram a Salvador para averiguar supostas irregularidades na aquisição de livros realizada pela Secretaria de Educação do município.
A denúncia partiu do vereador Cristiano Barbosa, que constatou irregularidades no processo e explanou toda situação em sessão na Câmara de Vereadores. O presidente do legislativo, vereador Fabrício Lemos criou uma comissão especial para investigação dos fatos.

Ao chegar na sede da empresa na capital do Estado, foi constatado que o endereço onde deveria funcionar a sede da Editora não funciona mais naquele local. Segundo o proprietário da galeria a sede da empresa não está lá a mais de 2 anos.

Os vereadores fizeram contato por telefone com os responsáveis da empresa e eles se comprometeram a estar em Valença para uma reunião com todos os edis ainda nesta semana.

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Mais notícias

publicidade